Em busca do ritmo perfeito

 

WhatsApp Image 2017-08-17 at 18.30.47

A avaliação cardíaca de Carlos Mota em 2014 indicava pressão alta e um princípio de arritmia. Depois de conhecer a SaúdePerformance o RITMO de sua corrida tem evoluído e gerado mais saúde.

Em 2015 Carlos Mota foi diagnosticado com um princípio de arritimia cardíaca. O Cardiologista, o Dr Luz Antônio Avelar foi enfático. “Ele me falou que eu estava igual a uma pia entupida. E frizou: ‘ou você faz um esporte ou não precisa voltar mais aqui’. A partir daí a vida de atleta de Carlos começava com a inscrição feita na 1ª Corrida Alemã Werther, em Juiz de Fora. “O Dr Avelar mandou eu me inscrever e eu apareci pra correr os 8km. Eu corria e andava e nem olhei o tempo que fiz, eu queria era chegar logo (risos). Mas foi bacana. Gostei do ambiente da corrida. Mesmo eu andando devagar , foi realmente uma conquista: cruzei a linha de chegada correndo”.

Carlos com sua esposa Cíntia em 2014.

Carlos com sua esposa Cíntia em 2014.

Luiz e Carlos: de médico e paciente para colegas de equipe.

Luiz e Carlos: de médico e paciente para colegas de equipe.

Hoje, Luiz e Carlos são além de paciente e médico, amigos e colegas de equipe na SaúdePerformance. A indicação começou com a participação em um dos treinões que são sempre realizados no Instituto Granbery, em outubro de 2015. Depois disso começaram as competições de corrida com a estreia na Corrida do Granbery 2016. Carlos chegou a realizar diversos treinos no local da prova, com o objetivo de fazer o tempo de 32min. “No dia da prova fiz em 31min. Pensei: ‘Eu posso mais!’ Ainda estou longe do meu potencial, pois ainda acho que posso chegar mais longe.  Para os atletas de elite vencer é estar no lugar mais alto do pódio. Mas para nós, o nosso vencer é chegar mais perto dos nossos limites e conquistar mais e mais saúde”.

Carlos e Cíntia acompanhados do casal Luiz e Susana: amizade + treinos = sucesso!

Carlos e Cíntia acompanhados do casal Luiz e Susana: amizade + treinos = sucesso!

E O CORAÇÃO?

“Fiz testes de todos os jeitos e não tem nada, nem arritmia. Digo sempre que eu não paro de correr mais. E agora estou fazendo funcional também no Studio SaudePerformance uma  vez por semana. Não me vejo parando mais com nenhuma atividade, pra mim é o ideal. Viajo de madrugada do Rio de Janeiro para fazer o Studio. Faço questão! Vou para o Rio às 17h30 e chego 22h na segunda.  E na terça acordo 5h, vou para o Studio e volto 9h da manhã pro Rio. E vale o esforço!” Para Carlos o diferencial da equipe SaúdePerformance é o ambiente e os profissionais. “Observamos um ambiente muito saudável e muito família. Professores muito bacanas e todo mundo muito cortês,  muito atentos para o que solicitamos. O próprio Hallack, que além de treinador é também um atleta de performance, é um cara que é bacana, que tem uma postura muito profissional sempre”.

Carlos junto com sua esposa Cíntia durante treino da SaudePerformance: parceria.

Carlos junto com sua esposa Cíntia durante treino da SaudePerformance: parceria.

Os familiares de Carlos comentam sobre sua mudança principalmente na postura, no peso corporal e na fisionomia. “Parece que fiquei mais novo não sei quanto anos. Todos reparam muito”.

IMG-20161128-WA0004

PRÓXIMOS OBJETIVOS

Carlos está focado no objetivo da Maratona com sua estreia nos 42km em 2018. Para ele, a conquista da sua evolução promove o desejo de ser sempre melhor. “É muito gratificante acompanhar atletas da equipe que pensávamos: ‘puxa vida, eu não aguentava correr com ela e hoje já dá pra acompanhar’. Ou seja, você já não quer mais só correr, Você quer resultado, uma alimentação em equilíbrio, um fortalecimento muscular, tudo isso muda e te deixa melhor. A corrida tem sido um objeto de prazer e satisfação”.

A que mais marcou foi a Corrida de Valença que fez no dia de seu aniversario e alcançou o 3º lugar em sua faixa etária. “Por ser uma corrida duríssima eu realmente fiquei satisfeito. E sempre querendo mais”.

A prova que mais marcou Carlos até hoje foi a Corrida de Valença que realizou no dia de seu aniversario em 2017 e alcançou o 3º lugar em sua faixa etária. “Por ser uma corrida duríssima eu realmente fiquei satisfeito. E sempre querendo mais”.

COMO COMEÇAR A TREINAR?

“Eu acho que a primeira coisa é se abrir pra isso. Porque a primeira desculpa é não aceitar que você precisa de uma atividade, que não tem tempo. Vale a pena conhecer a SaudePerformance principalmente porque é uma motivação a mais estar em uma equipe. Não adianta falar que não tem disputa. Tem sim! A gente quer ser sempre mais, uma competição saudável, vale a pena. Eu não troco! Pra mim é tudo!” Com a prática da corrida Carlos também tem a oportunidade de ficar mais perto de Cíntia, sua esposa, que também treina na SaudePerformance. “Já fico muito tempo fora a trabalho então ter esse momento juntos é essencial. Sem ela eu teria começado mas não teria a continuidade”.

IMG-20161128-WA0002

WhatsApp Image 2017-08-10 at 21.22.57

Parabéns pela sua dedicação e pela sua evolução, Carlos! A cada passo temos novos desafios a vista. E isso nos move adiante! Vamos nessa juntos.

 

 

 

 

Comments are closed.

Noticias
Apoios e Patrocinios